Guia dos Trouxas para Harry Potter/Personagens/Marge Dursley


Marge Dursley
  • sexo = Feminino
  • cabelos = desconhecido
  • olhos = desconhecido
  • família = Vernon Dursley (irmão), Petunia Dursley (cunhada)
  • lealdade = A si mesma.

Visão GeralEditar

Marge Dursley é irmã do tio de Harry, tio Vernon. Harry é ensinado a chamá-la de tia Marge. Ela deprecia Harry de uma tal forma, como nem mesmo tio Vernon faz.

Papel nos LivrosEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A Pedra FilosofalEditar

Nesse livro é comentado que a casa da Rua dos Alfeneiros tem quatro quartos; um deles é para as visitas (em geral, a irmã de tio Vernon, Marge). Também é mencionado que tem um presente da “titia Marge” entre os presentes do aniversário de Dudley. A principio ele não vê, mas sua mãe mostra a ele.

Quando os Dursleys ficam sabendo que Mrs. Figg quebrou a perna e não vai poder ficar com Harry, enquanto Dudley vai fazer algum programa em seu aniversário, Marge é uma das alternativas que Vernon sugere, mas Mrs. Dursley diz que não porque “ela odeia o garoto”, No mesmo correio das primeiras cartas de Harry, tem um postal de Marge, que está em férias na Ilha de Wight.

O Prisioneiro de AzkabanEditar

Harry, apavorado pela perspectiva de passar uma semana com sua cruel tia Marge, faz um trato com tio Vernon: se ele lembrar que é um aluno de St. Brutus para Meninos Irrecuperáveis, no final da semana, tio Vernon vai assinar a permissão para que ele possa ir a Hogsmeade nos fins de semana marcados.

Tia Marge chega à Rua dos Alfeneiros com seu bulldog a reboque, joga sua mala pesada em cima de Harry, para levar para seu quarto, abraça alegremente Dudley e dá a ele £20. Quando Harry volta do segundo andar, espera que tia Marge permita que ele suma de sua vista, mas, ela diz que não confia nele longe de seus olhos, e insiste em que ele dê detalhes sobre a escola que frequenta. Num determinado momento da semana, quando ela está sendo especialmente intragável com Harry, o copo de vinho que ela está segurando, se espatifa em sua mão. Ela não leva a sério e diz que tem mãos fortes; tio Vernon suspeita que Harry está usando magia. Harry mesmo não tem certeza se causou aquilo. No último dia da estadia de tia Marge, possivelmente empolgada pela bebida, ela começa a insultar os pais de Harry. Isso é demais para Harry engolir, e mesmo sem querer, Harry vê tia Marge começar a inflar. Sem saber direito como fez aquilo, Harry não consegue desfazer; ao invés disso, ele destranca o armário debaixo da escada e foge com suas coisas da escola. Chegando ao Caldeirão Furado, com medo de ser reconhecido e ter sua varinha quebrada por não ter idade para usar magia, Harry fica feliz em encontrar Cornelius Fudge, o Ministro da Magia. Fudge diz a ele que tia Marge já foi esvaziada, e sua memória ajustada; não haverá problemas, isso poderia ter acontecido com qualquer um.

A Ordem da FênixEditar

Quando estava aprendendo Oclumencia com o Professor Snape, uma das lembranças que Snape recupera da mente de Harry, é um episódio em que tia Marge permite que seu bulldog saia a caça de Harry, o garoto sobe numa árvore e ela o deixa a ali durante horas, rindo dele.

Pontos FortesEditar

Podemos imaginar que tia Marge é uma mulher teimosa. Aparentemente ela não é casada, e é capaz de se sustentar, embora não saibamos como.

Pontos FracosEditar

Marge claramente não consegue perceber quando está sendo ofensiva. Ela obviamente não repara no efeito que suas palavras têm sobre os outros.

Relacionamentos com Outros PersonagensEditar

Marge claramente tem orgulho de ser “franca”, dando sua opinião não importa o quanto magoe alguém. Ela não reconhece que é intolerante, ou que não há necessidade de magoar os outros com o que diz. Por tudo isso, parece que as únicas pessoas perto de quem ela pode estar, em termos mais ou menos amigáveis, são o Coronel Fubster, que partilha suas opiniões, e Vernon Dursley que tem que aguentar porque ela é família.

AnáliseEditar

No pouco tempo em que a vemos, aprendemos que Marge é gritona, intolerante e preconceituosa com relação a Harry e a seus pais por motivo algum, e parece que também está no caminho de virar alcoólatra. Também vimos que ela não tem pudor em externar suas opiniões, não importa se os outros querem ouvir ou não, ela também é insensível ao ambiente, não percebendo quando está pisando em terrenos dolorosos ou perigosos. Talvez por isso, tenha sido apropriado, que quando Harry perde o controle, acabe inflando ela; afinal ela já parece cheia de ar.

Podemos observar que encontrar tia Marge é claramente doloroso para Harry, mas ela não é particularmente bem vinda para os Dursleys. Tio Vernon vê com clareza que ela está testando Harry, procurando tirá-lo do sério, mas não é capaz de pô-la para fora de sua casa, ao invés disso, tenta distraí-la com a bebida. Dudley tolera seus abraços, mas apenas porque ela paga, deixando que ela o abrace em troca do prêmio em dinheiro . Notamos que o Coronel Fubster não merece muita atenção. Já adivinhamos que ele é uma das raras pessoas, que pode se comparar com Marge, igualmente preconceituoso, cujas idéias intolerantes são chamadas de “duras” ou “francas”.

PerguntasEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão CompletaEditar

Parece bastante comum que o vício de qualquer tipo, tenha como efeito colateral, a falta de percepção dos sentimentos alheios. Quando a coisa mais importante na vida é o próximo drinque, as opiniões das pessoas à sua volta, e seus sentimentos, se tornam muito pouco importantes. Se Marge é uma iniciante ou uma alcoólatra, como parece indicar seu comportamento , é possível que sua atitude com relação a Harry, seja parte do seu vicio. É possível imaginar se a autora escreveu essas características de Marge baseada na experiência pessoal. Existe todo tipo de tese sobre Marge, de problemas mentais ao alcoolismo, o fato é que Marge foi pensada para ser apenas a pessoa mais odiosa possível.