Guia dos Trouxas para Harry Potter/Personagens/Vincent Crabbe


Vincent Crabbe
  • sexo = masculino
  • cabelos = desconhecido, cortado igual cuia.
  • olhos = desconhecido
  • família = pai, Crabbe Sr. um Comensal da Morte
  • lealdade = Draco Malfoy

Visão GeralEditar

Vincent Crabbe é um dos camaradas de Draco Malfoy.

Papel nos LivrosEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Através de toda a série, Vincent Crabbe tem pouco papel independente. Quando o vimos pela primeira vez, ele já está colado a Draco, e, com muito poucas exceções, ele não parece ter alguma atividade separada de Draco, durante os 7 anos em que dura a história.

A Pedra FilosofalEditar

Quando Draco Malfoy se apresenta a Harry no Expresso de Hogwarts, Gregory Goyle e Crabbe já estão junto, Harry dispensa a ligação com Draco. Na noite depois da primeira lição de voo, descobrindo que Harry não tinha sido expulso, Draco o desafia para um Duelo de Bruxos. Ron se oferece para ser o padrinho de Harry; Draco escolhe Crabbe como padrinho.

A Câmara SecretaEditar

Draco, Crabbe e Goyle ficam em Hogwarts no Natal. Harry, Ron e Hermione tentam decidir se Draco sabe quem é o Herdeiro de Slytherin, e usam a Poção Polissuco para se disfarçar. Ron se torna uma cópia de Crabbe, enquanto Harry vira Goyle. Embora eles enganem Draco, e descubram algumas coisas, acabam sabendo que Draco nem tem idéia de quem é o Herdeiro.

O Prisioneiro de AzkabanEditar

Draco, Crabbe e Goyle visitam Harry no seu compartimento do Expresso de Hogwarts, mas não conseguem fazer nada contra ele, por causa da presença do Professor Lupin. Tentando assustar Harry durante o jogo de Quadribol entre Gryffindor e Ravenclaw, Draco, Crabbe, Goyle e Marcus Flint, se vestem como dementadores, mas a brincadeira termina quando Harry envia um Patrono para atacá-los. Harry depois, visita Hogsmeade através da passagem secreta, com a Capa da Invisibilidade; enquanto está lá conversando com Ron, eles encontram Draco, Crabbe e Goyle, que começam a implicar com Ron, acreditando que ele está sozinho. Harry sob a Capa, começa a atacá-los, mas no processo se torna parcialmente visível. O garoto então, tem que correr de volta para a escola, a tempo de convencer o Professor Snape que não saiu da escola. Antes do jogo final entre Gryffindor e Slytherin, Crabbe e Goyle andaram a volta de Harry, mas ele estava bem preparado para evitar qualquer feitiço.

A Ordem da FênixEditar

Quando os dois batedores do time da Slytherin, Derrick e Bole, saíram, Montague, o capitão, teve que encontrar novos. Os dois que ele encontrou foram Crabbe e Goyle. No jogo contra a Slytherin, Crabbe acerta um balaço em Harry depois do apito, e é chamado atenção por Madam Hooch. Isso precipita os acontecimentos que terminam numa briga envolvendo Harry, Fred e George e Draco. Crabbe é membro do Esquadrão Inquisitorial. Quando Umbridge pega Harry em seu escritório, quando está procurando por Sirius, ela manda o Esquadrão procurar seus ajudantes. Quando eles trazem a turma ao escritório de Umbridge, é Crabbe quem está segurando Neville.

O Enigma do PríncipeEditar

Enquanto Draco trabalha na Sala Precisa, ele decide que precisa de vigias. Ele obriga Crabbe e Goyle a tomarem a Poção Polissuco e se disfarçarem como meninas entre o primeiro e terceiro anos.

As Relíquias da MorteEditar

Quando Harry chega a Hogwarts, escuta de Neville que Crabbe e Goyle, finalmente podem fazer algo decente. As aulas de Artes Negras (DCAT foi renomeado), estão usando a Maldição Cruciatus em todos aqueles que ficam de detenção, e aparentemente tanto Crabbe quanto Goyle são bons nisso. Draco mais tarde vê Harry, Ron e Hermione entrando na Sala Precisa, e chama Crabbe e Goyle para ajudar porque está sem sua varinha. Quando Draco, Crabbe e Goyle espremem Harry num canto, Harry repara que Crabbe tem uma voz muito suave para alguém daquele tamanho. Crabbe explica que eles decidiram ir atrás de Harry para levá-lo para Voldemort, e ganhar a recompensa. Quando Ron chama, Crabbe empurra uma pilha imensa de lixo sobre ele. Harry faz a pilha parar. Quando Crabbe tenta repetir o feitiço, Draco o faz parar, dizendo que se eles arrebentarem com a Sala toda, podem perder o diadema. Como parte das tentativas para capturar Harry, Crabbe cria um Fogomaldito, que rapidamente, consome tudo dentro da Sala. Harry, Ron e Hermione fogem em vassouras que estavam guardadas na Sala, e nesse processo resgatam Draco e Goyle, mas Crabbe morre no fogo que ele próprio conjurou.

Pontos FortesEditar

Crabbe, no seu sétimo ano, parece ser bem talentoso nas Artes das Trevas, uma matéria que não foi ensinada durante seus seis primeiros anos. No entanto ele não é esperto o bastante, mas pelo menos resolveu usar sua própria opinião. Finalmente, ele pareceu ser mais inteligente do que Goyle.

Pontos FracosEditar

Antes do sétimo ano, Crabbe nada mais era do que um guarda costas de Malfoy e um cara que, jamais mostrou qualquer decisão independente. Ele também parece ser bem temperamental, e demonstra quando acerta um balaço em Harry, depois que a Slytherin perde o jogo no livro cinco.

Relacionamentos com Outros PersonagensEditar

Ele é aparentemente um bom amigo de Draco e de Goyle, no principio. Parece ser por causa do aparente poder da família de Draco, quando os Malfoys perdem os favores de Voldemort, ele ignora os comandos de Draco por completo na Sala Precisa. Seu pai (ou talvez irmão ou tio) se revelou um Comensal da Morte, quando Voldemort o chamou pelo sobrenome no livro quatro.

AnáliseEditar

Crabbe, assim como Goyle, são personagens que existem, apenas para fazer o papel de coadjuvantes bobos. O “grupinho dos meninos malvados” em muitos trabalhos de ficção, consiste em um membro que é “o cérebro”, quase sempre um cara esperto ou um cara duro com um esperto por trás, e os fortes, um ou vários colegas musculosos, que só existem para seguir as ordens do cara esperto, portanto esse cara, não precisa se arriscar a ser descoberto ou se machucar no trabalho sujo. Crabbe e Goyle são os perfeitos “músculos”, enquanto Draco é o cérebro nessa ação em particular. Crabbe parece se ressentir disso na Sala Precisa, no sétimo livro, ele ignora as ordens de Draco e toma a ação decisiva em suas mãos. Já comentamos que a fidelidade a Draco pode ter sido baseada no status da família Malfoy. Talvez finalmente Crabbe tenha adquirido alguma confiança em si mesmo para desobedecer as ordens de Draco.

PerguntasEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão CompletaEditar