Guia dos Trouxas para Harry Potter/Personagens/Walburga Black


Walburga Black
  • sexo = feminino
  • cabelos = grisalhos
  • olhos = desconhecido
  • família = marido, Orion Black
    filhos, Sirius e Regulus Black.
  • lealdade = Sangue Puro

Visão GeralEditar

A falecida Walburga Black é vista apenas no retrato na parede da casa nº 12 em Grimmauld Place, sua casa em vida. Ela nos é apresentada por seu filho, Sirius. Seu marido era Orion Black que nunca apareceu nos livros, mas foi mencionado de passagem.

Papel nos LivrosEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

A Ordem da FênixEditar

Vimos Walburga pela primeira vez, quando Nymphadora Tonks derruba um porta guarda-chuvas no hall da casa. As cortinas que cobriam o retrato de Walburga se abrem, e ela começa a amaldiçoar os habitantes da casa, chamando-os de mestiços, mutantes, monstros, traidores do sangue, entre outras coisas. Seus gritos acordam os outros retratos no hall, que se juntam a ela. Ninguém consegue fazer ela se calar, até que Sirius aparece vindo da cozinha e fecha as cortinas do retrato. Ele então comenta que percebeu que Harry encontrou com sua mãe. Mais tarde ele conta que já tinha tentado remover o retrato dela da parede, mas aparentemente ela colocou um Feitiço de Cola Permanente. Depois, quando somos apresentados a Monstro, Sirius conta que ele recebeu ordens do retrato da louca de sua mãe, durante uns 10 anos. Ele também mostra a tapeçaria da Antiga e Honrada Casa dos Black, e comenta que Walburga queimou um buraco na tapeçaria, em todos os lugares onde havia alguém que não era fiel aos seus padrões de sangue puro. Sirius aponta onde esteve seu nome e o de Andromeda Black, dizendo que Andromeda foi queimada por ter se casado com um nascido Trouxa, Ted Tonks. Aparentemente Walburga usou o Feitiço de Cola Permanente na tapeçaria também, porque não estavam conseguindo removê-la. Nós ouvimos novamente os gritos, quando Harry está partindo para a escola. Ela com certeza estava lá ainda, no Natal, mas não vimos mais nada a respeito.

As Relíquias da MorteEditar

Quando Harry retorna a Grimmauld Place, com Ron e Hermione, o retrato de Walburga começa a gritar tão logo eles entram no hall. Harry, agora é o dono da casa, e consegue fazê-la calar rapidamente, com um único feitiço. Embora ela, sem dúvida permaneça presente no hall, durante todo o tempo que o Trio ficou na casa, ela é parte da casa nessa altura e ninguém mais presta atenção a ela.

Pontos FortesEditar

Evidentemente, Walburga era uma bruxa poderosa e muito teimosa. Infelizmente nossa única experiência com ela, é com seu “retrato meio louco”, que não nos permite julgar.

Pontos FracosEditar

Sendo uma pintura, e aparentemente incapaz de sair de sua moldura, Walburga não pode fazer nada, exceto gritar. A única forma de conseguir alguma coisa é mandar Monstro fazer; na falta de alguma ordem do dono verdadeiro da casa, (inicialmente Sirius e depois Harry), Monstro obedece as ordens de Walburga.

Relacionamentos com Outros PersonagensEditar

Walburga ficou furiosa com seu filho, Sirius, por causa de sua rejeição aos valores de raça pura da família Black, e o fato de abandonar sua casa para ficar com os pais de James, quando tinha 16 anos. Foi por causa dessa simpatia por Trouxas, que ela deserdou Sirius, queimando seu nome da tapeçaria da família Black. Foi a mesma coisa com o irmão dela Alphard, que também foi deserdado e removido. Sirius conta que ela gostava de Regulus, porque ele permaneceu leal às crenças no sangue puro da família. Não se sabe se ela aprovava que ele fosse um Comensal da Morte, mas com certeza, ela não desaprovava.

AnáliseEditar

PerguntasEditar

  1. Walburga tratava bem Monstro, ou não? Se não, porque ele conversava e obedecia instruções do seu retrato?
  2. Quando ela morreu?

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão CompletaEditar