Introdução à comunicação entre computadores e tecnologias de rede/Métodos de chaveamento

O chaveamento (também chamado de comutação) é o processo de vincular um emissor a um receptor. O chaveamento ocorre por meio de chaves que utilizam critérios pré-determinados para definir o caminho percorrido pela mensagem na rede. Assim como a multiplexação, o chaveamento também é uma estratégia para fazer com que vários usuários compartilhes os recursos da rede. Entretanto, o chaveamento não faz com que duas ou mais mensagens sejam misturadas.

Chaveamento por CircuitoEditar

 
Exemplo de rede chaveada por circuito. Primeiramente dois pares de telefones estão se comunicando. Em um outro momento, temos apenas um par se comunicando e utilizando um caminho diferente.

Em uma rede chaveada por circuito, um percurso entre a origem dos dados e o destino é estabelecido. Uma vez que isso ocorra, aquele percurso passa a ser utilizado somente para transmitir dados entre a origem e o destino. Ninguém mais poderá utilizar aquele caminho.

Um exemplo de rede chaveada desta maneira é o sistema de telefonia fixa. Quando um telefone estabelece comunicação com o outro, um circuito físico é estabelecido entre eles e é mantido enquanto durar a ligação. Somente quando a ligação terminar, o circuito é desfeito e o caminho pode ser utilizado por outras ligações.

A vantagem do chaveamento por circuito é que a largura de banda sempre se mantém enquanto durar a transmissão e a sua capacidade nunca diminui. A sua grande desvantagem é que este é um tipo de chaveamento mais caro e no qual os canais não utilizados na comunicação são desperdiçados.

Chaveamento por PacotesEditar

 
Exemplo de rede chaveada por pacotes.

Nas redes chaveadas por pacotes, cada mensagem enviada é subdividida em mensagens menores chamadas pacotes. Um pacote é a menor unidade de dados que pode ser transmitida na rede. Cada pacote faz um caminho diferente até chegar até o seu destino. Desta forma, em um único circuito físico pode ocorrer a comunicação entre múltiplos nós.

Uma conseqüência do chaveamento por pacotes é que como cada pacote toma um caminho diferente, eles acabam chegando sempre fora de ordem e é necessário que o nó de destino organize os pacotes assim que eles chegarem antes de poder ler a mensagem. Além disso, a velocidade pela qual os dados são transferidos varia de acordo com o tráfego, podemos fazer com que um nó mande mensagens para mais de um destinatário simultaneamente e as redes deste tipo são mais baratas do que as chaveadas por circuito.

Um exemplo de uma rede chaveada por pacotes é a Internet.