Introdução à física/Ondas elásticas

Conceito de onda elástica(mecânica)Editar

As ondas elásticas, também denominadas ondas mecânicas, são aquelas que precisam de um meio para se propagar, sendo assim inviável sua propagação no vácuo. Um exemplo são as ondas acústicas. Tomando o exemplo citado anteriormente, o fenômeno que acontece quando essa onda mecânica se propaga, na visão microscópica, é a transmissão de energia vibracional, as moléculas do meio sofrem "perturbações" que se espalham tridimensionalmente. Um outro exemplo de onda mecânica é a natural do mar.

O aparelho de som e o ipod são exemplos de fontes sonoras, no caso do primeiro exemplo, as ondas sonoras são produzidas pela vibração dos diafragmas das caixas de som produzindo contrações e expansões no meio elástico (ondas sonoras), o segundo exemplo também utiliza este principio, no entanto nos terminais do headphone.

Fenômenos de reflexão, refração, interferência, difração e polarização para ondas mecânicasEditar

Assim como os outro tipos de ondas, as mecânicas sofrem, refrexão, refração, interferência e difração, no entanto não polarização, pois a natureza destas ondas(longitudinais) não permitem este fenômeno acontecer.

A Mecânica Ondulatória pode ser definida como a parte da física que estuda as ondas de um modo geral, preocupando-se com suas formas de produção, propagação e absorção, além de suas propriedades.