Português/Classificação das palavras/Pronomes/Relativos

Books-aj.svg aj ashton 01f.svg
O wikilivro Introdução à língua portuguesa possui uma versão simplificada deste assunto: Pronomes relativos

Pronomes Relativos são aqueles que representam nomes já referidos, com os quais estão relacionados. Retomam um nome anterior.

Uso dos variáveisEditar

Pronomes Relativos Variáveis
Masculino Feminino
Singular cujo, o qual, quanto cuja, a qual, quanta
Plural cujos, os quais, quantos cujas, as quais, quantas

Observe a frase:

  • Aquela é a cidade a qual eu nasci.

Sendo os pronomes relativos pronomes que retomam o nome anterior, observamos que a qual está retomando a cidade, possuindo todas as caracteristicas de concordância nominal. Observe que a frase não teria sentido caso fosse retirado eu nasci ou se fosse retirado aquela é a cidade. Já se retirarmos o pronome relativo a qual, com algumas alterações podemos fazê-la:

  • Àquela cidade eu nasci.

Veja mais exemplos:

  • Estas foram as pessoas as quais eu convidei.Estas pessoas eu convidei.
  • Este será o rio o qual navegarei.Este rio navegarei.

MorfossintaxeEditar

Note que em tais frases há a presença do verbo, antes e depois do pronome relativo, logo, estes pronomes sempre formaram a oração subordinada adjetiva:

Aquela é a cidade a qual eu nasci

Oração subordinada: a qual eu nasci
Oração principal: aquela é a cidade
Chamamos de antecedente o termo que o pronome relativo retoma, relaciona, o termo dependente, o qual é fixo, não podendo ter outra colocação na frase. Este termo será o sujeito da oração principal. O sujeito da oração subordinada chama-se consequente, o termo relacionado pelo pronome relativo. A parte da oração principal que não é o antecedente (o predicado da oração principal) pode mudar de posição na frase (estes em negrito, sublinhado o antecedente):

  • A cidade a qual eu nasci é aquela.
  • As pessoas as quais eu convidei foram estas.
  • O rio o qual navegarei será este.
Observações: Sempre haverá um verbo de ligação:

1. Antes ou depois do antecedente quando a frase iniciar com pronome adjetivo:

Aquela é a cidade a qual eu nasci
Será este o rio o qual navegarei

2. Antes do pronome adjetivo quando o predicado da oração principal é colocado depois da oração subordinada:

A cidade a qual eu nasci é aquela
O rio o qual navegarei será este

3. Após o pronome relativo quando não há verbo principal no núcleo da oração (haverá adjetivo que pode ser substituido com o verbo de ligação por um verbo ou locução) necessitando de complemento:

A cidade a qual sou nascido chama-se Cuiabá - necessita de complemento (chama-se Cuiabá)
O rio o qual será navegável nasce na Serra do Mar - necessita de complemento (nasce na Serra do Mar)

4. O complemento pode seguir as regras dos itens 1 e 2:

A cidade a qual sou nascido é aquela
Este é o rio o qual será navegável

Concordância pronominalEditar

Junto aos pronomes qual e quais haverá um pronome demonstrativo que concordará com o antecedente (os pronomes demonstrativos podem estar contraidos com preposição, nestes casos, o pronome é equivalente a cujo e flexões):

  • As pessoas as quais eu convidei foram estas.
  • Os meteoros os quais não se desintegram, agridem o planeta.

Não se põe artigo junto aos pronomes cujo, cujos, cuja e cujas, eles simplesmente concordam não com o antecedente, mas com o consequente. São equivalentes a ao/do qual, aos/dos quais, à/da qual, às/das quais:

  • As pessoas cujas eu falei não compareceram. = As pessoas às/das quais eu falei não compareceram.

Quanto e flexõesEditar

Quanto, quantos, quanta e quantas somente são utilizados quando o antecedente é o pronome indefinido tudo, tanto, tantos, tanta, tantas, todos ou todas, formando as locuções pronominais tudo quanto, tanto quanto, tanta quanta, tantos quantos, tantas quantas, todos quantos e todas quantas. São usados com valor quantitativo, indicando quantidade. Podem aparecer sem antecedente, uso muito comum em documentos de natureza legal, fiscal, jurídica ou cartorial.

Uso de pronomes invariáveisEditar

Os pronomes invariáveis possuem este nome por não obedecerem nenhuma das regras de concordância nominal. Eles são:

que → Refere-se a pessoas ou coisas. Equivalente a artigo + qual/quais. Junto à preposição, equivale a cujo e flexões e de/a + pronome demonstrativo + qual/quais.
quem → É colocado junto à preposição, se referindo a pessoas ou coisas personificadas.
onde → Indica um lugar fixo (real ou virtual), usado com verbos estáticos. A forma aonde é usada com verbos que indicam movimento em direção a algum lugar.
como → É pronome relativo quando há as palavras modo, maneira, forma ou jeito.
quando → É pronome relativo quando seu antecedente indica tempo.