Socialismo no Século XXI/Capítulo 11

Pode-se ver que existem diversos símbolos que representam o comunismo.Muitas delas são utilizadas em movimentos, protestos ou até mesmo em partidos políticos.

Bandeira vermelhaEditar

A bandeira vermelha é geralmente vista junto com outros símbolos comunistas e também com nome de partidos.Representa o sangue da martirização do proletariado.A bandeira é utilizada por diversas instituições socialistas e comunistas.Essa bandeira, na história, tem vários significados, mas primeiramente, foi utilizada como uma bandeira de desafio.Mas essa bandeira só ganhou significado político moderno após a revolução francesa de 1848.Depois, na revolução de outubro de 1917, o governo soviético adaptou a bandeira vermelha, colocando sobre ela um símbolo da foice e martelo e tornando ela uma bandeira nacional.

Foice e o marteloEditar

Esse símbolo é o mais usado do que os outros símbolos comunistas.O martelo representa a classe operária industrial, enquanto que a foice simboliza os trabalhadores agrícolas e juntando os dois, representa a união desses dois grupos, e em si, o próprio ideal comunista.Foi usada durante a revolução russa de 1917 e se tornou em 1924 o símbolo da União Soviética.Desde então, o símbolo é utilizado em países socialistas e também como emblema nos partidos comunistas.

Estrela de cinco pontasEditar

A estrela foi utilizada como emblema da União Soviética e por isso se tornou o símbolo do comunismo em um sentido mais amplo.Não se sabe ao certo a sua origem, mas foi utilizada em muitos países socialistas.E muitas vezes interpretado como a representação dos dedos do trabalhador e outras vezes como os cinco continentes.Uma interpretação pouco conhecida era de que ele representava as 5 classes que liderariam a Rússia rumo ao comunismo:A juventude, os militares, o trabalhador industrial, o trabalhador do compo e os trabalhadores intelectuais (Intelligentsia).