Truques de cartas/Truques básicos

Aqui estão descritos os truques básicos, com os quais será possível realizar as mágicas mais complicadas, e mais interessantes.

Contagem de cartasEditar

  Este módulo tem a seguinte tarefa pendente: Incluir conteúdo nesta seção


DeslizamentoEditar

Variante 1Editar

Como os espectadores vêmEditar

"Retiramos a carta do fundo do baralho..."

Como o mágico vêEditar

"Retiramos a segunda carta (de baixo para cima) do fundo do baralho..."

Como se fazEditar

Ao retirar a carta é necessário que o baralho esteja com as faces para baixo. Dessa forma o espectador não vê o que estamos fazendo (só imagina!).

Seguramos o baralho com a mão esquerda, e com ele virado para baixo, friccionamos os dedos médio e anelar para trás, fazendo a primeira carta deslizar cerca de 1,5cm. Isto dá acesso à segunda carta, que é então retirada pela mão direita.

Variante 2Editar

O objetivo deste deslizamento e a impressão que ele causa ao espectador são os mesmos do outro deslizamento. a diferença está na forma utilizada para retirar a segunda carta em vez da primeira:

Os dedos da mão esquerda não movem a carta de baixo para trás. A mão direita é que fará esse trabalho, empurrando a carta para trás e retirando a carta seguinte.

Há casos em que a carta de baixo é mostrada ao público antes de executarmos um dos deslizamentos. Quando isso acontece, é recomendável manter o baralho com as faces voltadas para baixo, principalmente depois de tirar a carta.

Podemos também embaralhar o monte, ou cortá-lo, evitando que o truque seja revelado.

Variante 3Editar

O objetivo deste deslizamento é retirar a primeira carta do baralho e coloca-la em penúltimo lugar do baralho rapidamente.

O procedimento é simples. Segura-se o baralho, com a face para baixo, como se fosse fazer um embaralhamento simples, mas se prende a primeira e úlyima carta, com o polegar e os outros dedos,respectivamente, e retirar o resto do baralho deslizando a primeira carta para cima da última. Após isto, basta continuar a embaralhar normalmente.

Cortes falsosEditar

Variante 1Editar

Como os espectadores vêmEditar

"Cortamos o baralho depois de a carta escolhida pelo participante ter sido colocada sobre o monte..."

Como o mágico vêEditar

"Colocamos a carta escolhida sobre o baralho e depois de cortá-lo, e completar o corte, a carta permanece no topo..."

Como se fazEditar

Devemos segurar as cartas como no deslizamento, mas com as faces voltadas para a palma da mão. Quando a carta é colocada sobre o monte, devemos retirar a metade superior do monte prendendo (com a mão esquerda) enquanto a metade do baralho é colocada abaixo da outra. a carta escolhida escorrega novamente para o topo do baralho.

Variante 2Editar

A técnica usada neste corte é a mesma usada no corte anterior, mas a posição em que a carta é colocada é outra:

Coloca-se a carta no fundo do baralho (o baralho deve estar com as costas voltadas para a palma da mão esquerda) e quando este for cortado, prendemos a carta no fundo do baralho.

PrecauçãoEditar

Nunca vire o baralho com as faces para cima depois de executar o truque. Isso mostraria que a carta ainda está no fundo do monte.


Embaralhamento "Top Stock"Editar

Trata-se de um truque bastante complicado.

Como os espectadores vêmEditar

"Transferimos, uma a uma, as cartas da mão direita para a mão esquerda..."

Como o mágico vêEditar

"Transferimos as cartas da mão direita para a mão esquerda, mas o topo do monte inicial é mantido na ordem (sequência) original..."

Como se fazEditar

Seguramos o baralho com as faces para cima na mão direita, com o polegar de um lado e os demais dedos no outro. Em seguida o polegar esquerdo inicia a transferência de cartas, que é feita continuamente até aproximar-se da parte que se deseja manter intacta (geralmente a inferior do baralho). Neste ponto recolocamos as cartas da mão esquerda para a direita, preservando no topo a seqüência marcada.


Embaralhamento externoEditar

Este tipo de embaralhamento é bastante útil para manipular cartas entre a parte de cima e a de baixo no baralho.

Por exemplo, levar a carta escolhida (já mantida no topo do baralho pelas técnicas anteriormente mencionadas) para a última posição (a de baixo), preparando-se para um deslizamento.

Como os espectadores vêmEditar

"Misturamos as cartas superiores e inferiores, trocando-as de lugar entre si..."

Como o mágico vêEditar

"Manipulamos algumas das cartas superiores e inferiores, para uma posição no baralho que só o próprio mágico conhece..."

Como se fazEditar

Esse embaralhamento consiste em puxar, simultaneamente, a primeira e a última carta para fora e colocá-las hora em cima, hora embaixo do baralho.

Para entender como as cartas mudam de posição neste truque, é interessante fazer a seguinte experiência:

Separe quatro cartas do baralho, por exemplo as do naipe de copas: ás, 2, 3 e 4.

Organize-as no monte, de modo que o monte fique assim (de cima para baixo):

         

Se iniciarmos o embaralhamento por cima, teremos sucessivamente:

         

         

         


         

         

         

Observe que no sexto movimento, as cartas voltaram à posição inicial!

Seguindo o exercício anterior, podemos transferir as cartas externas para outras posições, ainda externas. Também podemos manter as cartas exatamente na mesma ordem e ainda aparentar um pequeno embaralhamento.

Enquanto fazemos as transferências convém explicar que estamos embaralhando a parte externa do baralho.


Corte TriploEditar

  Este módulo tem a seguinte tarefa pendente: Incluir conteúdo nesta seção