Umbanda/Orixá

Orixá é uma força da natureza. Existem diversos tipos de orixá, cada um relacionado a um elemento da natureza. Existe um orixá para as águas doces, um para as águas salgadas, um para a caça, um para as ervas medicinais etc. Estas forças foram percebidas pelos povos africanos, os quais transmitiram este conhecimento para os povos americanos, quando da vinda dos escravos africanos para a América, entre os séculos XVI e XIX.

Escravos africanos no Brasil

Os africanos desenvolveram ritos específicos para a invocação e o culto de cada orixá, baseados em danças, músicas, vestimentas, saudações, comidas e bebidas. Acreditavam eles que o culto dos orixás lhes renderia boa sorte.

Culto ao orixá Oxum, que rege as águas doces. No candomblé do Ile Ase Ijino Ilu Orossi.

Os umbandistas adotaram o culto africano dos orixás. Nas reuniões regulares dos umbandistas, as chamadas "sessões", o culto dos orixás é uma prática habitual.

Culto ao orixá Ogum, que rege a metalurgia, as guerras, a tecnologia e a agricultura. No candomblé do Ile Ase Ijino Ilu Orossi.