Utilizador:DOgando/Rascunho planeamento do espaço


Planeamento do espaço para a recepção e para a expediçãoEditar

Planeamento do espaço para a recepção

As tarefas necessárias para determinar o espaço necessário para a recepção são (Tompkins et al., 1996, p. 402-407):

  1. Determinar o que é que é recebido. Informações sobre o quê, quando e quanto vai ser recebido podem ser obtidas a partir de relatórios de recepções anteriores (no caso de existirem), ou caso sejam recepções que nunca tenham tido lugar naquele armazém, são feitos estudos de mercado para obter informações sobre o número de carregamentos e de encomendas esperadas. A partir destas informações escolhem-se as transportadoras de acordo com as especificações desejadas.
  2. Determinar o número e o tipo de docas. Se o número de chegadas à doca seguir uma distribuição regular (Poisson) e se estas não variarem com o tempo, devem ser feitas análises para determinar o número e tipo de docas. Se o número de chegadas à doca variar com a hora, dia da semana ou com o número de camiões à espera, devem ser feitas simulações para esse calculo.
  3. Determinar os requisitos de espaço dentro do armazém para a recepção. O espaço interior do armazém têm de ter em conta locais tais como:
    1. Espaços de conveniência pessoal;
    2. Escritórios;
    3. Espaços para guardar equipamentos de manutenção e transporte de material para movimentação de cargas;
    4. Locais para acondicionar dispositivos para colecta e tratamento do lixo;
    5. Locais de descanso;
    6. Espaço para guardar paletes e materiais para embalar.


Planeamento do espaço para a expedição

As tarefas necessárias para determinar o espaço necessário para a expedição são (Tompkins et al., 1996, p. 402-407):

  1. Determinar o que é que é expedido. Informações sobre o quê, quando e quanto vai ser expedido podem ser obtidas a partir de relatórios de expedições anteriores (no caso de existirem), ou caso sejam expedições que nunca tenham tido lugar naquele armazém, são feitos estudos de mercado para obter informações sobre o número de carregamentos e de encomendas que vão ser expedidas. A partir destas informações escolhem-se as transportadoras de acordo com as especificações desejadas.
  2. Determinar o número e o tipo de docas. Se o número de saídas das transportadoras da doca seguir uma distribuição regular (Poisson) e se estas não variarem com o tempo, devem ser feitas análises para determinar o número e tipo de docas para serem utilizadas nesta actividade. Se o número de saídas da doca variar com a hora, dia da semana ou com o número de camiões à espera, devem ser feitas simulações para esse cálculo.
  3. Determinar os requisitos de espaço dentro do armazém para a recepção. O espaço interior do armazém têm de ter em conta locais tais como:
    1. Espaços de conveniência pessoal;
    2. Escritórios;
    3. Espaços para guardar equipamentos de manutenção e transporte de material para movimentação de cargas;
    4. Locais para acondicionar dispositivos para colecta e tratamento do lixo;
    5. Locais de descanso;
    6. Espaço para guardar paletes e materiais para embalar.