Café/A planta

O café pertence à família das rubiáceas, a mesma família botânica a qual pertencem plantas como a gardênia (Gardenia jasminoides), a poaia ou ipecacuanha (Cephaelis sp.) e a quina (Chinchona sp.). Como o nome de sua família indica, uma de suas características mais visíveis são seus frutos, que se tornam geralmente vermelhos quando maduros, assemelhando-se a rubis. As duas espécies mais conhecidas são a Coffea arabica e a Coffea canephora, conhecida como café conilon ou robusto. O café arábica apresenta flores totalmente brancas e sementes claras, enquanto que o café conilon apresenta flores bicolores (faixas brancas e marrons) e sementes marrons.

Gardênia (Gardenia jasminoides), um outro exemplo de rubiácea

A planta do café, o cafeeiro, é um arbusto originário das terras altas etíopes. Atualmente, no entanto, é cultivado em toda a região tropical do planeta.

O café moca é uma modalidade de café que apresenta somente uma semente por fruto, ao contrário do café comum, que apresenta geralmente dois grãos por fruto.

O fruto do cafeeiro possue uma polpa adocicada e comestível. O exterior do fruto é inicialmente verde, podendo tornar-se amarelo ou vermelho quando maduro.