Judaísmo/História do Judaísmo: diferenças entre revisões

[edição não verificada][edição não verificada]
mSem resumo de edição
 
===Judaísmo na atualidade===
[[Image:ReformJewishService.jpg|thumb|220px|NoEmbora Judaísmoos Reformistalivros asde oraçõesoração sãoreformistas sejam escritos em geralhebraico feitase grande parte da liturgia se desenrolar neste idioma, não há qualquer objeção em se fazer as orações na língua vernácula. eAlém disso, nesta corrente homens e mulheres desempenham o mesmo papel no culto.]]
 
Na maior parte das nações ocidentais, como os Estados Unidos, o Reino Unido, Israel e a África do Sul, muitos judeus secularizados deixaram há muito de participar nos deveres religiosos. Muitos deles lembram-se de ter tido avôs religiosos, mas cresceram em lares onde a educação e observância judaicas já não eram uma prioridade. Desenvolveram sentimentos ambivalentes no que toca aos seus deveres religiosos. Por um lado, tendem a agarrar-se às suas tradições por razões de identidade, mas por outro lado, as influências da mentalidade ocidental, vida quotidiana e pressões sociais tendem a afastá-los do judaísmo. Estudos recentes feitos em judeus americanos indicam que muitas pessoas que se identificam como de herança judaica já não se identificam enquanto membros da religião conhecida como judaísmo. As várias seitas judaicas nos EUA e no Canadá encaram este facto como uma situação de crise, e têm sérias preocupações com as crescentes taxas de casamentos mistos e assimilação entre a comunidade judaica. Uma vez que os judeus americanos têm vindo a casar mais tarde do que acontecia antigamente, têm vindo a ter menos filhos, e a taxa de nascimentos entre os judeus americanos desceu de mais de 2.0 para 1.7 (a taxa de substituição é de 2.1) (''This is My Beloved, This is My Friend: A Rabbinic Letter on Intimate relations'', p.27, Elliot N. Dorff, The Assembleia rabínica|Rabbinical Assembly, 1996).
1

edição