Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magia/Adivinhação


Adivinhação
  • tipo = matéria
  • características = técnicas para predizer o futuro.
  • Aparece pela Primeira Vez = O Prisioneiro de Azkaban

Visão GeralEditar

Adivinhação é apresentada como a habilidade de prever o futuro. Embora seja ensinada em Hogwarts como uma matéria, existem muito poucos bruxos capazes de prever o futuro. Como matéria, é eletiva e ensinada nas séries 3ª,4º e 5º; aqueles com notas altas o suficiente no N.O.M. dessa matéria, podem passar para o N.I.E.M. nas séries 6º e 7º.

Descrição EstendidaEditar

SpoilerEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Qualquer pessoa que observe as excentricidades da professora de Adivinhação, Professora Trelawney, fica com a impressão de que adivinhação, no mundo mágico não é ciência, está mais para adivinhação no mundo Trouxa.

Tendo posição de matéria escolar, com livros texto dando instruções para leitura de folhas de chá, leitura das mãos, bolas de cristal e interpretação dos sonhos, ainda assim parece estar profundamente envolvida com misticismo, assim como uma cigana que lê a sorte num parque de diversões dos Trouxas.

O outro professor de Adivinhação, Firenze, parece estar mais interessado em ensinar os métodos de adivinhação dos centauros, e enfatiza que nem todas as coisas podem ser determinadas completamente. Devemos notar de passagem, embora nunca tenha sido afirmado, que o comentário do centauro com relação à Astronomia em A Pedra Filosofal, capitulo 15, é certamente resultado da Adivinhação. Firenze fala de uma espécie de interpretação dos céus, e de como essa interpretação difere das feitas por Trelawney em suas aulas.

AnáliseEditar

Devemos ter cuidado de separar Adivinhação de Profecia. Adivinhação pode ser ensinada; Profecia é aparentemente um dom raro, inato e aparentemente incontrolável. Parece que esses profetas acabam se envolvendo com Adivinhação como carreira: a Professora Trelawney faz, em dezessete anos, duas predições totalmente válidas. Isso parece ser completamente separado das suas aulas de Adivinhação, e de fato ela não parece recordar de ter feito qualquer Profecia.

É particularmente interessante que Adivinhação possa ser ensinada e testada, mas não envolve, na verdade, nenhuma magia em particular. Podemos ver claramente, assim como Hermione, que a Professora Trelawney é uma fraude; ela usa todos os truques não mágicos, que os adivinhos Trouxas usam, inclusive as previsões nebulosas e místicas.

Ainda assim, ela parece estar se baseando em livros texto aprovados, e há alguma técnica envolvida, porque há um exame N.O.M. (e possivelmente um N.I.E.M) da matéria. Questiona-se qual o propósito do curso, se é codificar uma série de técnicas fraudulentas, qual seria o motivo para isso.

É possível que as técnicas publicadas sirvam para aumentar a sensibilidade da mente, e não devem ser vistas seriamente. Pode ser também que o propósito de ensinar Adivinhação seja para que um vidente aprendiz, uma vez que tenha habilidade inata, possa aumentar suas chances de fazer uma Profecia verdadeira. Se for esse o caso, há algo de estranho com a própria Trelawney, que parece ser séria em suas técnicas. É possível que ela mesma não saiba que é uma verdadeira vidente; nas duas vezes em que a vimos fazer uma Profecia real, ela não conseguiu se recordar de tê-las feito. Não sabemos se isso é um traço comum em Profecia.

PerguntasEditar

  1. Qual é o método de ler folhas de chá? Como isso deve funcionar?
  2. O que significa o comentário do centauro sobre Marte estar brilhante no capitulo 15 de A Pedra Filosofal?


SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão CompletaEditar