Guia dos Trouxas para Harry Potter/Magia/Transfiguração


Transfiguração
  • tipo = Matéria/Habilidade
  • características =
  • Aparece pela Primeira Vez = A Pedra Filosofal


Visão GeralEditar

Transfiguração é da família de feitiços que são usados para transformar uma espécie de coisa em outra coisa. Em Hogwarts, Transfiguração é ensinada pela Professora Minerva McGonagall.

Descrição EstendidaEditar

SpoilerEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Transfiguração cobre um grande número de feitiços. No nível mais baixo de uma escala, o primeiro feitiço de Transfiguração aprendido na classe de Harry é fazer um fósforo se tornar uma agulha; os feitiços mais complexos incluem transformar criaturas de uma espécie, em outra. Isso também inclui discussões sobre Animagos, embora não seja explicado como se tornar um.

Como foi mencionado, Transfiguração é uma matéria básica, possivelmente em todas as escolas, não apenas Hogwarts, como ouvimos a Professora McGonagall falar com Neville, no livro O Cálice de Fogo, apenas para não revelar que ele ainda não consegue fazer um simples feitiço de mudança. Assim temos a única menção a esse feitiço, e não temos idéia de há quanto tempo Neville está tentando aprender; pelo tom exasperado de McGonagall, no entanto, acreditamos que era algo para Neville ter aprendido no ano anterior, e ele ainda não conseguia realizar de forma aceitável. Pela preocupação de McGonagall ao perceber uma possível falha ao ensinar sua matéria, sugere que Transfiguração, incluindo Feitiços de Troca, é ensinada em Beauxbatons e em Durmstrang.

No livro “Contos de Beedle, o Bardo”, é mencionado que a Professora McGonagall aprendeu e realizou a transformação em Animago como parte de sua pesquisa em Transfiguração. Também ficamos sabendo nesse livro, que a transformação em Animago, permite ao bruxo manter sua inteligência humana. Assim mesmo, é possível teoricamente, que ao se transfigurar em animal o bruxo acabe ficando com a inteligência do animal, e fique preso à forma do animal até que outro bruxo o retorne à sua forma humana.

No livro O Cálice de Fogo, capitulo 26, Viktor Krum usa uma Transfiguração parcial para ficar com cabeça de tubarão, de modo a poder respirar dentro d´água. Isso é, claramente, uma exceção a regra acima que visa impedir que alguém se transforme em animal. Acreditamos que essa é uma magia muito avançada, uma vez que seria necessário dar a si mesmo o focinho do tubarão e guelras, enquanto mantém seu cérebro humano, de modo a desfazer o feitiço depois.


AnáliseEditar

Transfiguração é uma aula prática, e portanto é relativamente barulhenta, com os alunos lançando feitiços e, as vezes, o barulho dos animais usados na experiência. Nesse caso, é um dos lugares onde o Trio se sente a vontade para discutir acontecimentos. Por causa do potencial dos feitiços darem errados, também é um lugar onde tem bastante diversão. As possibilidades, de conversação e diversão, no entanto, são bem diminuídas por conta da seriedade da Professora McGonagall, que mantém sua turma sob firme controle.

Como mencionado no artigo Feitiços, a diferença entre Feitiços (os quais mudam a coisa sem mudar sua natureza essencial) e Transfiguração (que muda a natureza essencial) é algo bastante vago. Na aula de Transfiguração, vemos Ron passar dificuldades com um feitiço de Silencio, e depois há menção de um feitiço de Desaparição, quando é dito que é mais difícil desaparecer com animais vivos do que objetos inanimados. Seja Silenciado ou Sumido, no entanto, o objeto permanece intrinsecamente o mesmo, um sapo silenciado ainda é um sapo, enquanto que um rato desaparecido, se puder reaparecer, não perde sua natureza essencial de rato.

Nas primeiras aulas de Trasfiguração, a Professora McGonagall transforma sua mesa em um porco, e depois retorna ao que era antes. Mais tarde, vemos aulas onde os alunos devem transformar bules em tartarugas. Isso levanta uma pergunta estranha, é possível que esse tipo de magia permita ao bruxo, criar vida? Essa pergunta nunca foi feita nos livros.

É possível que isso seja apenas um dispositivo literário, uma vez que a maioria das transfigurações tenham sido feitas entre coisas com a mesma primeira letra.

Nota: isso funciona bem em inglês, o idioma original do livro.

Já mencionamos a transfiguração de teapots e tortoises (bules e tartarugas) e também de beetles (besouros) e buttons (botões); um erro no exame de N.O.M.s de Transfiguração fez com que um aluno criasse um bando de flamingos (flamingos) ao invés de um ferret (furão).

PerguntasEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão CompletaEditar