Microeconomia/Falhas de mercado

Falha de Mercado é a situação em que o custo marginal social não é igual ao benefício marginal no mercado.

Poder de mercadoEditar

MonopólioEditar

Monopólio ocorre quando existe apenas um vendedor ou fabricante no mercado, sendo a única opção do comprador. Assim, esse vendedor pode definir preços e qualidade do produtos e serviços como quiser, porque não tem concorrência para tomar o mercado.

Concorrência monopolísticaEditar

Na concorrência monopolística há bastantes produtores, porém um número limitado de fornecedores. Como por exemplo editoras de livros. Esses mercados não produzem bem-estar máximo, gerando falhas de mercado. Os produtos são o mesmo no geral, mas tem diferenciais que influenciam na escolha dos compradores. Livros ou filmes.

OligopólioEditar

Oligopólio, semelhante a monopólio, é quando há apenas poucos vendedores no mercado. Eles podem se reunir e formar cartéis e controlar o mercado e os preços como quiserem. Além disso, a entrada de novos vendedores no mercado se torna difícil, principalmente quando eles planegam Dumping.

MonopsônioEditar

Monopsônio ocorre quando existe apenas um comprador num mercado e muitos fornecedores. Um exemplo é uma cidade de muitos artesãos onde há apenas uma empresa transportadora local, que vende os produtos para outras cidades. Nesse caso, o comprador único pode oferecer preços baixos porque existe uma abundância de produtos à venda.

ExternalidadesEditar

Quando uma ação produzida por uma pessoa afeta outras pessoas. Há externalidades positivas e negativas. Um exemplo de positiva é pesquisa científica que salvará milhões de pessoa e externalidades negativas variam de latido de cão que incomoda os vizinhos até a corrupção.

Bens públicosEditar

São os bens fornecidos pela entidade, agente económico o Estado. Bens não exclusivos, onde todos os indivíduos podem usufrui-los.