Saara Ocidental/Cultura

A língua predominante no país é o dialeto hassaniya do árabe clássico. O árabe, o francês e o espanhol também são falados. O espanhol, principalmente pela população mais velha, que a aprendeu na época da dominação espanhola. A religião predominante é o Islamismo Sunita. Tradicionalmente, a cultura do país está relacionada à cultura berbere do deserto do Saara. As mulheres sarauís vestem uma túnica de peça única com cores vibrantes que cobre da cabeça aos pés chamada melhfas. A habitação tradicional dos nômades do deserto, a tenda de pele de camelo conhecida como jaima, atualmente é apenas peça de museu, após a sedentarização da antiga população nômade[1].

Placa de trânsito em francês e árabe
Estrada na saída do cabo Bojador
Mesquita em Dakhla
Mulheres sarauís comemorando a libertação de Aminatou Haidar (de amarelo) da prisão marroquina
Projeto do futuro parlamento da RASD
Museu da Guerra da RASD
Jaima em Smara

Referências